G.K. Chesterton é um dos mais reconhecidos escritores do século XX, conhecido por suas obras de ficção e não ficção. Porém, muitos não sabem que ele tinha um livro infantil favorito que o influenciou profundamente em sua vida e escrita. Esse livro, intitulado The Princess and the Goblin (A Princesa e o Goblin), escrito por George MacDonald, é uma aventura de fantasia que mergulha o leitor em um mundo de magia e imaginação.

Chesterton descobriu o livro quando ainda era criança e ficou encantado com a história da princesa Irene e o jovem mineiro Curdie. Através da jornada épica dos personagens, o livro explora temas de coragem, lealdade e confiança, enquanto apresenta aos leitores um mundo de seres fantásticos, incluindo goblins e fadas.

A influência deste livro foi tremenda para Chesterton, tanto que ele dedicou um capítulo inteiro em sua obra Orthodoxy (Ortodoxia) para descrever a importância que o livro teve em sua formação como escritor e pensador. Para Chesterton, The Princess and the Goblin era um exemplo perfeito de como a literatura infantil pode ser poderosa na formação da imaginação e no desenvolvimento moral de uma criança.

O próprio estilo literário de Chesterton é frequentemente comparado ao de MacDonald, com suas explorações imaginativas de temas profundos e sua defesa da moralidade cristã. Chesterton acreditava que as grandes obras infantis têm a capacidade de educar e inspirar o leitor mesmo na idade adulta, tornando-se uma parte importante do seu desenvolvimento como ser humano.

Embora The Princess and the Goblin seja um livro antigo, publicado pela primeira vez em 1872, ele ainda é popular hoje em dia e pode ser encontrado em muitas livrarias e bibliotecas ao redor do mundo. Se você está procurando uma aventura emocionante e inspiradora para compartilhar com as crianças em sua vida, este livro é definitivamente uma ótima escolha.

Em resumo, The Princess and the Goblin é o livro infantil favorito de Chesterton e uma obra que inspirou sua própria escrita e imaginação. Se você ainda não teve a chance de descobrir essa história de magia e fantasia, agora é a chance de embarcar em uma aventura inesquecível. Como Chesterton afirmou, uma boa história infantil nunca envelhece, e este livro é um exemplo perfeito disso.